Algumas infrações são fáceis de ser resolvidas. Outras acarretam graves penalidades

 

A modalidade MEI (Microempreendedor Individual) colocou muitos profissionais no mercado formal. No entanto, é preciso estar atento para os deveres do MEI. Caso ele tenha atuado com funcionários sem registro, aberto empresa já sendo MEI, omitido receitas, não ter pago impostos em dia e ficado inadimplente, a situação fica irregular.

Mas, o que pode acontecer depois disso? Uma das coisas que pode ocorrer é ter Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) excluído. Em 2018 (dado mais atual), a Receita Federal deu baixa em quase 1,4 milhão de CNPJs de microempreendedores individuais.

Leia também: Tudo que você precisa saber sobre as máquinas de cartão

E não é só a perda do CNPJ. Quem está irregular sofre baixa das inscrições do MEI nas administrações tributárias estadual e municipal e cancelamento das licenças e dos alvarás concedidos.

As regras são claras e conhecê-las evita incorrer em erros. Alguns deles, mais simples, podem ser contornados com facilidade. Porém, certas infrações podem ter penalidades graves como consequência.

Então, para se concentrar apenas na prospecção de novos clientes e fazer a empresa crescer, conte com os serviços da OpenMEI. Os consultores vão analisar caso a caso e ajudar a deixar o MEI em dia, além de cuidar de todo o processo burocrático dessa modalidade.

E conseguir um atendimento é super fácil. Basta entrar no site www.openmei.com.br e ser atendido por lá mesmo! Caso prefira, é possível visitar uma das lojas para conversar com os consultores, ou entrar em contato conosco pelo WhatsApp (41) 9 8904-1097. A loja fica na Rua Desembargador Westphalen, 377.

Fonte: <https://www.gazetadopovo.com.br/conteudo-publicitario/gcerta/deixe-seu-mei-em-dia/ > Acesso em: 18/06/2020 ás 15h10.