Como escolher uma maquininha de cartão - Grupo Certa

Como escolher uma maquininha de cartão

Até 2010 existiam apenas 2 empresas no Brasil, autorizadas a captar vendas nos cartões Visa e Master, hoje já passam de 50. Isso trouxe benefícios para empresas, pois com a concorrência vem melhores condições de taxas e outros custos envolvidos.
Mas por outro lado, isso também acaba trazendo dúvidas na cabeça do empreendedor sobre qual é a maquininha certa para o seu negócio.
Cada maquininha possui características e condições diferentes, ou seja, o empreendedor precisa analisar alguns pontos

Nós da Maquininha Certa vamos te ajudar com 6 dicas que irão te auxiliar na hora de escolher uma maquininha e encontrar a ideal para o seu negócio.

1 – Pagar aluguel ou alugar uma maquininha?

Veja que essa é uma das principais dúvidas que o empreendedor possui e também onde grande parte acaba tomando decisões equivocadas. Parece estranho, mas nem sempre é vantajoso se livrar do aluguel. Isso porque tudo vai depender do faturamento que o empreendedor possui em cartões. Por exemplo, se ele possui um faturamento alto pode ser que seja mais vantajoso ele pagar aluguel e conseguir taxas menores do que se livrar do aluguel mas pagar taxas maiores. A maior parte das maquininhas que possuem aluguel, tem taxas menores do que as maquininhas comprada.

Exemplificando

A empresa X fatura R$ 30.000,00 em cartões, R$ 15.000,00 no débito e R$ 15.000,00 no crédito.
Paga R$ 100,00 de aluguel e possui taxas no débito de 2% e 3% no crédito.
Com isso, ela terá esses custos: R$ 15.000,00 x 2% = R$ 300,00 R$ 15.000,00 x 3% = R$ 450,00
Ou seja, possui um custo total de R$ 850,00 por mês (já somado o valor do aluguel).
Se ela resolver se livrar do aluguel, vai precisar analisar as taxas com atenção, pois se for pagar 3% no débito e 4% no crédito, por exemplo, ficará com os seguintes custos:
R$ 15.000,00 x 3% = R$ 450,00 R$ 15.000,00 x 4% = R$ 600,00
Dessa forma se livraria do aluguel, mas teria um custo total de R$ 1.050,00 por mês

2 – Antecipação das vendas

Se você costuma fazer antecipação dos valores das vendas realizadas no crédito e parcelado, é muito importante você contabilizar mais esse custo. Esse é um valor que oscila muito entre as maquininhas. Então vale a pena verificar se não existe opção melhor no mercado. Ainda sobre antecipação, algumas maquininhas cobram taxas menores para quem opta por deixar isso programado automaticamente e taxas maiores para quem antecipa apenas esporadicamente.

Gostou dessas dicas? Então fique ligado aqui no nosso blog que semana que vem vamos postar as outras 4 dicas. Enquanto isso confira os outros temas que já abordamos aqui, e se você é um microempreendedor sabia que as Micro e pequenas empresas mantêm cenário positivo mesmo com reflexos da crise financeira, acesse aqui e confira!